Nota FINEDUCA: A volta do Banco Mundial e o relatório “Um ajuste justo”: desajuste injustificável e ineficiência iníqua – propostas para desorganizar a educação brasileira

Nota FINEDUCA: A volta do Banco Mundial e o relatório “Um ajuste justo”: desajuste injustificável e ineficiência iníqua –  propostas